Menu

Blog

O que as redes sociais nos ensinam sobre motivação

Voltar para os posts

As redes sociais já fazem parte do dia a dia da grande maioria das pessoas. Conhecemos pessoas novas, reencontramos amigos,debatemos, brigamos, fazemos as pazes, compartilhamos momentos, consumimos informação, entre tantas outras atividades. Nós sempre gostamos de nos relacionar e as redes sociais online potencializaram essas relações.

A rápida popularização das redes sociais, mostrou o quanto as pessoas são sedentas por ampliar seus relacionamentos. Segundo essa lógica, quanto mais pessoas formos capazes de nos conectar melhor. Somos naturalmente motivados a compartilhar nossos conhecimentos, ideias e insatisfações. Queremos que elas cheguem ao maior número de pessoas possível.

Sabendo que a maioria das pessoas se sentem motivadas nas redes sociais, que tal promover essa motivação no ambiente de trabalho? Pois, é. Já existem algumas empresas fazendo isso, através de seus canais digitais. Com ferramentas de chat, comunidades, espaços de colaboração, entre outras funcionalidades comuns nas redes sociais, essas empresas estão estimulando seus funcionários a exporem suas ideias, compartilharem seus conhecimentos e colaborarem para que a empresa alcance seus objetivos estratégicos.

[MATERIAL GRATUITO] COMO ALCANÇAR O SUCESSO COM UMA PLATAFORMA DE INTRANET

 

As redes sociais nos ensinaram o valor de ambientes abertos, onde todos têm o mesmo espaço. É claro que em um ambiente corporativo deve existir uma moderação mínima, porém, quanto mais aberto o ambiente for, maior será o engajamento do público para participar. A moderação nos ambientes corporativos deve existir apenas em nome da manutenção do bom senso, visando evitar comportamentos inadequados.

Na linha de frente desse movimento encontram-se as plataformas de intranets e as redes sociais corporativas, que trazem em seu escopo funcionalidades comuns nas redes sociais, recursos de controle, que permitem aos gestores garantir o bom uso do ambiente, além de mecanismos de análise, com relatórios que permitem avaliar o nível de engajamento e os pontos de melhoria.

0 comentários

Comentar