Menu

Blog

Como fazer um diagnóstico de comunicação interna

Voltar para os posts

Sabemos o quanto é importante ter colaboradores bem informados e alinhados com os valores e objetivos da empresa. Sabemos também que a comunicação interna cumpre fundamental papel nesse sentido. Porém, como saber se as ações de comunicação interna estão, de fato, cumprindo seus objetivo? Para responder a essa pergunta, é preciso fazer um diagnóstico da comunicação interna da empresa.

Em todo plano de comunicação interna, a etapa de diagnóstico é fundamental (tanto na fase de planejamento quanto na de avaliação). Somente por meio do diagnóstico que é possível identificar os gargalos existentes no processo de comunicação interna e planejar ações corretivas. Compreendida a importância, vem imediatamente a pergunta: como fazer um diagnóstico de comunicação interna?

O melhor caminho para traçar um diagnóstico preciso é deixar que os próprios consumidores da comunicação interna, ou seja, os colaboradores da empresa, digam qual a percepção deles com relação às ações e canais de comunicação interna disponíveis na companhia. Para isso, é importante elaborar uma pesquisa qualitativa e anônima, que permita ao colaborador expor todas as suas impressões sobre a comunicação interna da empresa sem se sentir constrangido ou ameaçado, caso faça alguma crítica. Nesse sentido, é fundamental que a empresa esteja preparada para receber e processar comentários negativos. Dito isso, a pesquisa de diagnóstico da comunicação interna deve considerar alguns pontos-chave, como:

  • Perfil do público interno (sexo, idade, escolaridade, assuntos corporativos de interesse, hobbies, entre outros).
  • Setor (administrativo, financeiro, TI, entre outros).
  • Avaliação geral da comunicação interna (como o colaborador avalia a comunicação interna).
  • Quais dos canais de comunicação interna disponíveis ele conhece e quais ele mais utiliza (intranet, e-mail, mural, jornal interno, entre outros).
  • Qual a avaliação do colaborador sobre cada um dos canais de comunicação interna.
  • Qual a avaliação sobre os conteúdos divulgados pela empresa.
  • O que o colaborador gostaria de encontrar nos canais de comunicação interna.

[MATERIAL EXCLUSIVO] Como uma solução de intranet pode salvar a minha empresa?

É claro que a lista de perguntas tende a variar de acordo com a realidade de cada empresa, porém, de forma genérica, com os pontos acima devidamente respondidos, já é possível traçar um diagnóstico da comunicação interna da empresa e partir para a próxima fase, que é a de planejamento de ações/melhorias. Existem algumas ferramentas online que a empresa pode utilizar para construir sua pesquisa e disponibilizá-la para seus colaboradores, como o Google Drive e o TypeForm.

Em tempo: um dos pilares de uma boa comunicação interna é a transparência, portanto, independente dos resultados obtidos no diagnóstico, é fundamental que eles sejam compartilhados com toda a empresa. Dessa forma, além de garantir a credibilidade da ação junto aos colaboradores, eles poderão também contribuir com ideias para ajustar os pontos que precisam ser melhorados.

E aí, o que está esperando para fazer um diagnóstico da sua comunicação interna?

0 comentários

Comentar